segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

João - Capítulo 5

Se não tem a bíblia ouça o capítulo 5:



Este capítulo aborda a forma cega como os judeus seguiam a lei. Principalmente o 4º mandamento: “Lembra-te do dia de sábado, para o santificar” (Ex 20:8).
Jesus curou um paralítico que estava enfermo há 38 anos. Este homem estava próximo ao tanque Betesda, onde pessoas com todo tipo de enfermidade recebiam a cura, quando Deus, por sua misericórdia, enviava de tempos em tempos o Espírito Santo como um anjo que ao mover das águas, promovia a cura do primeiro que entrasse neste tanque com as águas em movimento. Porém, Jesus não precisou colocar este homem dentro do tanque, apenas lhe perguntou se o mesmo queria a cura; Ele sabia que sim, pois conhece o coração dos homens, porém o paralítico estava preocupado com sua dependência de que alguém o colocasse dentro daquele poço, não sabendo que estava falando com o único que poderia lhe dar não somente cura, como também a salvação. Desta forma, Jesus usou sua autoridade, concedida pelo Pai, dizendo ao paralítico que levantasse, tomasse seu leito e andasse. No capítulo 4, Jesus curou o filho de um oficial do rei, somente pela fé daquele homem, desta vez, Jesus mostra que Deus pode agir mesmo naqueles que não o reconhecem como o Filho de Deus, pois não existem impossíveis para Deus, realmente não há limites para o Teu poder agir. E o paralítico ficou curado e sem agradecer, simplesmente partiu. É assim que geralmente as pessoas que ainda não aceitaram a Jesus como único Senhor e Salvador fazem, recebem milagres, mostram aos demais, porém não reconhecem ou conhecem quem foi o autor de tal feito. Então quando aquele homem se encontra com Jesus novamente e O Mesmo lhe diz para não pecar mais para que não lhe suceda coisa pior, podemos imaginar que, como Jesus conhecia o coração dos homens, Ele sabia que aquele homem estava sofrendo a opressão do inimigo, devido aos seus pecados, mas quando reconheceu que sua cura foi ministrada por Jesus, então ele foi capaz de anunciá-lo, ou seja, houve mudança de atitude. Da mesma forma acontece hoje, somente somos capazes de anunciar a Jesus quando reconhecemos Seu poder em nossas vidas e por isso mudamos nossa forma de agir, reconhecendo que os planos de Deus são muito maiores e melhores para nós.
A partir daí começaram os questionamentos dos judeus ao homem curado, pois ele carregava seu leito e era dia de sábado, de forma que ninguém podia exercer qualquer atividade no sábado. Para os judeus a lei deveria ser seguida a qualquer preço. Porém, o que Jesus queria deixar-lhes claro é que a lei deve ser exercida pelo amor e não devemos amar a lei. De forma que por amor, devemos crer que antes mesmo que a lei fosse criada, Jesus já existia e que essa lei veio através de Moises, mas não foi ele quem as ditou, mas sim unicamente o Pai e aquele que não acredita no Filho de Deus, como poderia crer também nas escrituras de Moisés? Pois estas escrituras eram a respieto de Jesus.
Deus sempre está trabalhando e Jesus com Ele e trabalham incessantemente até hoje, através do Espírito Santo, por amor de todos nós, pois são um só Deus. E Jesus veio unicamente para cumprir com a vontade de Deus Pai. Jesus não buscou a sua glória, mas a glória de Deus Pai. Deus Pai não julgará os homens, mas confiou isto a Jesus (Deus filho) e somente quem crer no Filho de Deus será capaz de honrar a Deus Pai, e receber a vida eterna passando da morte para vida. Quem ainda não creu e recebeu a Jesus continua morto, morto no pecado. Porém, Deus Pai tem a vida em si mesmo e assim enviou a Seu Filho para que Este também nos desse a vida. E Ele a dará a quem quiser, pois sonda os corações. Quando Jesus vier para o juízo final os mortos ressuscitarão para o julgamento: quem fez o bem ressuscitará para a vida, quem fez o mal, para a condenação. Mas não se iluda achando que a salvação vem pelas obras, pois as obras sem a fé em Jesus é morta. A salvação só nos é concedida (de graça) a partir do momento em que cremos e recebemos a Jesus como nosso único Senhor e Salvador e assim tornamos isso público.
Jesus é justo, pois realiza a vontade do Pai, e Este dá testemunho de seu Filho através das obras que Ele realizou e realiza até hoje em nossas vidas, uma vez que Jesus não precisa que os homens testemunhem a seu favor. Jesus conhece os corações e sabe quem Nele crê. Somente aqueles que experimentam o poder de Deus em suas vidas são capazes de compreender o que é aceitar Jesus, para os demais isto parece loucura, fanatismo, alienação, mas para nós filhos de Deus isto é benção.
Será que você também não está cego pelas verdades e leis impostas pelo mundo?
Reflita, examine-se e peça ao Senhor Jesus que lhes dê entendimento sobre a Sua palavra, pois é através da bíblia que conhecemos a verdade e a lei, a lei do amor de Deus.

Cenas do filme Evangelho segundo João

4 comentários:

  1. Parabéns pela iniciativa... gostei muito do blog e estou recomendando para amigos. Deus continue te abençoando! Wadson Menezes

    ResponderExcluir
  2. sou pregadora e me deu uma otima exclarecida nota 10 parabens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Mas o mérito é todo do Espírito Santo de Deus... Sempre que puder passa por aqui. Deus lhe abençoe! Com carinho, Lêda Raquel.

      Excluir